Nesta viagem iremos explorar o nordeste dos Himalaias e três países repletos de cultura e natureza pura.
Durante todo o roteiro iremos ter práticas energéticas, muita música e massagens ayurvédicas ao nosso dispor.
Vem mergulhar no seio da Natureza e percorrer trilhos de Amor, partilha, entrega e exploração interior.

 

Dia 1: Partida de Lisboa com destino a Calcutá.

 

Dia 2: Calcutá
Após o almoço visita ao Memorial Vitória, a lembrança do passado impressionante de Calcutá, a capital do domínio britânico. O Memorial Vitória Hall foi inaugurado em 1921 por Lord Curzon. Quando a noite desce em Calcutá vários dos principais monumentos da cidade são iluminados dando a sensação de toda a área de Maidan parecer um conto de fadas. É também um museu onde as pessoas podem ver imagens e estátuas de indivíduos que desempenharam um papel proeminente na história da Índia.
Potters Colony, Kumartuli o modelo de argila, paraíso dos fabricantes, é a peça mais antiga de Calcutá, que cresceu a partir de três pequenas aldeias, Gobindapore, Kalikutta e Sutanooti em 1690. Desde o século XVII, os ceramistas têm vivido desta arte fazendo panelas e brinquedos de barro, bem como utensílios de cozinha para uso doméstico.
Visitaremos o Templo Pareshnath Jain, situado no nordeste da cidade, que se caracteriza por uma massa ornada de espelhos, pedras coloridas e mosaico de vidro com um fantástico jardim.
Possibilidade de massagem ayurvédica para relaxar.

 

Dia 3: Calcutá / Bagdogra / Darjeeling
Partida de avião para Bagdogra e de seguida apreciar as 4 horas de passeio panorâmico de Darjeeling.
Situado a uma altitude de 2134 metros, Darjeeling tem sido uma estação popular desde o domínio britânico. Abençoado com clima frio e também com um dos cenários mais deslumbrantes da gama Kanchenjunga, tem uma população mista de várias raças e religiões, vivendo em perfeita harmonia.
Aula de meditação.

 

Dia 4: Passeio em Darjeeling
De manhã cedo deambularemos 11 km através de florestas primitivas de Carvalho e Magnólia, adornando as ladeiras no caminho para Tiger Hill, onde iremos ver o nascer do sol a cerca de 2590 m da altitude. No topo poderemos admirar uma das montanhas mais majestosas do mundo "Khang-Chen-Dzod-Nga" do Kanchenjunga.
Meditação na floresta.
Com o tempo perfeito, o Monte Everest também pode ser visto através das nuvens com seus dois outros picos Mahakalu e Tibete Chomol Hari. Após o pequeno-almoço, faremos um passeio no famoso comboio brinquedo de Darjeeling. A viagem é uma experiência única!
Visitaremos o Mosteiro Ghoom, Parque Zoológico Padmaja Naidu Himalayan, O Instituto das Montanhas dos Himalaias e o centro de ajuda Tibetano, onde poderemos ver algum artesanato.

 

Dia 5: Darjeeling para Gangtok
Aula de Yoga pela manhã.
Após o pequeno-almoço partimos para Gangtok através de uma floresta semi-tropical de plantações de cardomomo e decorada de pequenas aldeias.
Esta linda e pequena terra, escondida nos Himalaias oriental, é conhecida pelo “Vale de Arroz Escondido”, um paraíso de beleza natural, abençoado pelo Monte Kanchenjunga (a terceira montanha mais alta do mundo a 8686m) reverenciada como divindade protectora.
Na parte da tarde visitaremos o famoso Mosteiro Rumtek também conhecido como Centro de Dharma Chakra.
Noite livre para descansar ou explorar a cidade.

 

Dia 6: Gangtok
Pela manhã partimos o Mosteiro de Enchey a 3 kms da cidade de Gangtok. Mais tarde, visitaremos o Sikkim Instituto de Investigação Tibetana (SRIT) - este instituto foi criado para promover a investigação sobre a língua e as tradições do Tibete. Contém um grande número de xilogravuras - traduções dos ensinamentos originais de Buda, tratados pelos Ilustres estudiosos budistas de diferentes partes do mundo.
Tarde livre para explorar!
Meditação no final do dia.

 

Dia 7: Kalimpong
Sairemos cedinho com destino a Kalimpong.
Esta cidade está situada a uma altitude de 1.250 m e é um clarão de cores através do ano! As orquídeas da região são famosas pela sua infinita variedade!
À tarde, iremos a Durpin Darea, que significa "binóculo", situada a uma altitude de 1402 metros. Aqui as paisagens deslumbrantes, únicas e inesquecíveis!
Meditação na montanha.

 

Dia 8: Kalimpong - Phuentsoling (Butão)
Pela manhã partida para Phuentsholing - Butão. Apreciaremos toda a beleza natural que não conseguiremos descrever por palavras…
Tarde livre para exploração!
Viagem sonora meditativa com projecto OMEGA.

 

Dia 9: Phuentsholng - Thimphu (Butão)
Aula de Yoga pela manhã.
Partida depois do pequeno-almoço para Thimphu.
Em seguida, visitaremos o  Memorial Chorten  e a Biblioteca Nacional, onde antigos manuscritos são preservados, bem como o Artesanato, onde os têxteis tradicionais, artes e ofícios são expostos e podem ser comprados.

 

 

Dia 10: Thimphu
Durante todo o dia visitaremos Thimphu, suas gentes e cultura. Visitaremos o Instituto de Medicina Tradicional, a Escola de Artes e Ofícios Tradicionais, onde a arte de pintura Thankhas é ensinada aos jovens estudantes do Butão e o Bazaar de ouro e prata (Simtokja Dzong), sempre acompanhados de cenários ímpares!
Aula de Meditação.

 

Dia 11: Thimphu Paro - Butão
De manhã cedo iremos para Paro. Pelo caminho, em Satasam Chorten, faremos uma caminhada de cerca de 4h até ao Mosteiro Taktsang. Sob uma intensa paisagem faremos o nosso piquenique, abraçados a fortes emoções!
Meditação pelo som no seio da natureza, com projecto OMEGA.
À noite reuniremos com povos locais para beber chá e partilhar experiências!

 

Dia 12: Paro
Aula de Yoga pela manhã.
A nossa experiência em Paro começa com uma visita ao Museu Nacional, à laje de Paro Rinpung Dzong e à Torre (UTSE) com o seu magnífico trabalho de madeira. A presença constante do Monte Chomulhari, "A Montanha da Deusa” (altitude 7329m) é absolutamente incrível!
À tardinha faremos um passeio em Paro, uma grande oportunidade para conhecer as gentes locais!

 

Dia 13: Paro / Kathmandu (Nepal)
Um voo de montanha cénica leva-nos do Butão para o Nepal.
Chegados ao destino teremos tempo para relaxar e posteriormente visitar os famosos Pashupatinath e Boudhanath.
Aula de Meditação.

 

Dia 14: Katmandu
Pela manhã, visitaremos o maior templo do Vale de Katmandu, incluindo o famoso Portão de cobre dourado na Bhadgeon, o templo hindu de Shiva e o santuário budista de Bodhanath.
Mais tarde iremos visitar a "Cidade dos Artistas" - Patan – apreciando a bela arte e arquitectura e o Centro de Refugiados Tibetanos.
Restante dia livre para desfrutar de Katmandu.
No final do dia momento de som emotivo com o projecto CANELA.

 

Dia 15: Regresso a casa. (ou possibilidade de extensão ao Tibete)